domingo, 9 de março de 2008

escritos não me lembro quando entre o fim do último ano e o início deste

2 da madrugada. Tive um sonho ruim que me acordou com a impressão de ter as mãos engorduradas.
Às vezes pensamos que há alguém perfeito pra nós. Quando digo às vezes, quero dizer sempre.
Outra coisa: me sinto tão preso no chão; neste chão cheio de...”mins”. Aff! Cada coisa absurda que vejo! Acho que eu sou absurdo também. Mas deixa pra lá. Vou ler. São mais que duas da tarde.

...

Como a vida é engraçada! Por engraçada entenda-se estranha.
Animais que são felizes, eu acho. Será que eles refletem sobre as coisas como a gente? Talvez só não notemos por sermos muito diferentes deles. Bom, não sei, só estou praticando digitação.

Um comentário:

Fernanda disse...

ahiuahiuahahiua
original vc treinar digitação usando uma determinada palavra querendo dizer outra...ahiuahaiuha
te amo!